Inovação e Economia – Iluminação por Lâmpadas LED

Inovação e Economia – Iluminação por Lâmpadas LED

O consumidor brasileiro tem hoje três opções de iluminação para escolha: a incandescente, a fluorescente compacta (LFC) e a LED.

Com a proibição da produção, e em breve da comercialização das lâmpadas incandescentes, o senso popular de que o melhor custo x benefício é apresentado pelas fluorescentes. Será que isso se justifica em números?

Façamos uma comparação entre lâmpadas que possuem a mesma força de luminosidade. Uma LFC de 20W pode hoje ser substituída por uma de LED de 10W.

O valor para compra de uma fluorescente espiral branca de 20W gira ao redor de R$ 23,90 enquanto uma lâmpada LED bulbo branca de 10W custa em torno de R$ 31,90, logo a priori a LED vai ter um custo R$ 8,00 superior a fluorescente.

Vamos supor que ambas fiquem ligadas 8 horas por dia, em um ano serão 2.920 horas de uso. A redução anual estimada no consumo pelo uso da lâmpada LED é de 29,12 KWh. O custo do KWh vigente é de R$ 0,42, o que irá gerar uma economia anual na conta de luz de R$ 12,23.

Além disso, destaca-se ainda que a vida útil da LED é de no mínimo 50.000 horas/uso, em contrapartida a de uma LFC é de 8.000 horas de uso, ou seja, a cada 1 troca de lâmpada LED serão necessárias 6 LFC.

Em resumo o investimento realizado na compra de lâmpadas LED seria recuperado em apenas 12 meses! Considerando a vida útil de uma lâmpada LED a economia chega a R$ 207,91 por lâmpada, sem considerar eventuais aumentos na tarifa de energia, prática recorrente atualmente.

 

Outros benefícios proporcionados pelo uso da tecnologia LED:

  • Grande variedade de cores e formas;
  • Maior versatilidade no uso, sendo indicada para ambientes internos e externos;
  • Tamanho reduzido, o que proporciona redução dos espaços técnicos;
  • Maior resistência a choques e vibrações;
  • Ausência de ultravioleta e infravermelho;
  • Lâmpadas direcionais;
  • Pouca produção de calor, o que evita o aquecimento do ambiente.

O escritório Atos Arquitetura prioriza a sustentabilidade econômica e ambiental em todos os seus projetos, utilizando materiais que são economicamente viáveis e ambientalmente corretos, proporcionando soluções diferenciadas aos seus clientes.